Nasa lança sondas para estudar radiação em volta da Terra

31/08/2012 at 1:41 PM Deixe um comentário

Folha – DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

 

A Nasa lançou nesta quinta-feira, do Cabo Canaveral, na Flórida, um foguete Atlas V que deverá pôr em órbita duas sondas para estudar a influência do Sol sobre a Terra e os anéis de radiação que a cercam.

Nasa/Reuters

Concepção artística de uma das sondas lançadas pela Nasa para estudar a radiação em volta da Terra

O lançamento aconteceu às 5h05 (horário de Brasília) após vários adiamentos devido a problemas técnicos e ao mau tempo na região pela proximidade da tempestade tropical Isaac.

A missão, denominada Radiation Belt Storm Probes (RBSP), tem como objetivo estudar os cinturões de Van Allen, dois anéis gigantes formados por partículas carregadas que ficam presas na região pelo campo magnético da Terra.

Nasa/Reuters

Ilustração mostra as partículas carregadas que formam os cinturões de Van Allen, a serem estudados por duas sondas lançadas pela Nasa

Compreender o funcionamento dessa região é importante porque todos os equipamentos em órbita da Terra, incluindo a Estação Espacial Internacional, estão sob a influência da radição do cinturão, que pode danificar painéis solares e circuitos eletrônicos.

As sondas RBSP foram desenvolvidas para analisar a forma como o Sol, e em particular as tempestades solares, afetam o entorno terrestre em várias escalas de espaço e tempo.

Outros satélites que orbitam na região estão programados para apagar seus sistemas ou proteger-se quando ocorrem intensas tempestades solares, mas os da missão RBSP seguirão colhendo informação e por isso foram construídos para suportar o bombardeio de partículas e radiação nos cinturões de Van Allen.

A missão é parte do programa “A vida com uma estrela”, cujo objetivo é o estudo dos processos fundamentais que podem ter originado o Sol e que incidem no conjunto do sistema solar.

Os instrumentos das sondas proporcionarão as medições de que os cientistas necessitam para compreender não só a origem das partículas eletrificadas, mas também os mecanismos que dotam essas partículas de grande velocidade e energia.

As duas sondas RBSP terão órbitas excêntricas quase idênticas, que cobrem toda a região dos cinturões de radiação, e os satélites se cruzarão várias vezes no curso de sua missão.

As sondas octogonais pesam mais de 635 quilos cada uma e medem 1,85 metro de largura e 90 centímetros de altura.

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

Cientistas sequenciam genoma de hominídeo extinto da Ásia Cientistas prendem chip de rádio em mais de mil formigas no Reino Unido

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Paideia

Seu encontro semanal com a cultura científica. Todas às 3ª feiras, às 18h, na Rádio UFSCar 95,3FM para São Carlos - SP ou www.radio.ufscar.br para o mundo!

@clickciencia

Podcasting

Faça o download do podcasting do Paideia

Edições anteriores


%d blogueiros gostam disto: