Bolhas magnéticas no Sistema Solar

10/06/2011 at 2:56 AM Deixe um comentário

Confins do Sistema Solar tem zona de turbulência magnética

Folha de São Paulo

Os confins do nosso Sistema Solar têm uma zona de turbulência repleta de “bolhas” magnéticas, revelam observações realizadas pelas sondas americanas Voyager.

Os pesquisadores utilizaram um novo modelo informático para analisar os dados transmitidos pelas sondas, e determinaram que o campo magnético solar mede aproximadamente 160 milhões de km de largura.

As “bolhas” magnéticas se formam quando as linhas curvas do campo magnético se reorganizam, explicaram os astrônomos no jornal Astrofísico de 9 de junho. O novo modelo informático mostra que as linhas se quebraram para formar “bolhas” desconectadas do campo magnético do Sol.

“Este campo magnético se estende até os confins do sistema solar”, explicou Merav Opher, astrônomo da Universidade de Boston e um dos autores do estudo.

As sondas Voyager se encontram a cerca de 160 bilhões de km da Terra.

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria. Tags: , .

Falta de doutores no Brasil Nova Supernova

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Paideia

Seu encontro semanal com a cultura científica. Todas às 3ª feiras, às 18h, na Rádio UFSCar 95,3FM para São Carlos - SP ou www.radio.ufscar.br para o mundo!

@programapaideia

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

@clickciencia

Podcasting

Faça o download do podcasting do Paideia

Edições anteriores


%d blogueiros gostam disto: